Histórico

historico

Cristóvão Colombo, uma trajetória de sucesso

A colônia italiana de Piracicaba fundou o Cristóvão Colombo em 1917, quando foi denominado como “Circolo Italiano Cristoforo Colombo”.
Os italianos fundadores decidiram doar aos filhos brasileiros, o que resultou na criação, em 23 de Outubro de 1938 do Centro Cultural e Recreativo Cristóvão Colombo.
Naquela época, reformas foram feitas pelo empresário Luiz Lee Holland no prédio da Rua Governador Pedro de Toledo esquina com a Rua São José no Centro de Piracicaba. Por lá foram feitos inesquecíveis bailes e o nome do clube projetado para toda a região.

O primeiro presidente do Cristóvão foi o advogado e professor de Latim, Dr Dario Brasil, mas somente na década de 60, na gestão do presidente Ermor Zambello que surgiu a necessidade de uma nova sede. Assinada pelo prefeito da época, Luciano Guidotti, a doação do terreno onde funciona atualmente a Sede Administrativa do Sindicato dos Metalúrgicos. No mesmo período, uma emenda da Câmara de Vereadores de Piracicaba transferiu o endereço para onde hoje está instalada a Sede Centro, na Rua Governador Pedro de Toledo esquina com a Prudente de Morais. Começava aí a expansão do Cristóvão Colombo.

Muita ajuda e parcerias foram necessárias para a construção da nova sede, tanto pessoas físicas, como a família Morganti ou jurídicas como a Dedini Metalúrgica, contribuíram para a reforma da nova sede na doação de materiais de construção. A maior parte, arrecadada em promoções de bailes, principalmente o carnaval, que começou a despontar o Cristóvão Colombo como um dos melhores clubes sociais da região.
Devido a esta efervescência causada, no final da década de 60, o Cristóvão foi apontado como Palácio Encantado, apelidado pelos luxuosos bailes que proporcionou, festas glamourosas jamais esquecidas pela sociedade local.

Mais tarde, já na gestão do presidente Leonel Faggin, o empreendedorismo continuou, aumentando o patrimônio do clube com a construção da Sede Campestre.
No início dos anos 70, foi adquirido o terreno onde hoje está localizado o Cristóvão Colombo. Uma união de sacrifício, espírito arrojado e coragem, onde havia apenas uma plantação de cana-de-açúcar, hoje está instalado um dos cinco maiores clubes do Estado de São Paulo, localizado numa área de 160 mil metros quadrados, 6500 associados pagantes e cerca de 20 mil pessoas envolvidas. Tudo começou com uma despretensiosa e seleta comunidade italiana e agora se transformou numa grande Cidade de Entretenimento.